06/09/2017 às 16:45

Representantes do entidades e poder público discutem sobre comércio informal nas ruas de Rondonópolis

Na reunião, foi discutido a criação de uma ação coletiva contra o exercício da atividade ilegal no comércio

Na manhã desta quarta-feira (06/09) representantes do Sindicato do Comércio Varejista de Rondonópolis (Sincomroo), Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR), Procon, Câmara de Vereadores e Prefeitura  Municipal representada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Rondonópolis, Milton Luiz de Araújo (Milton Mutum) para discutir sobre o comércio informal nas ruas de Rondonópolis, afim de criar uma ação coletiva contra o exercício dessa atividade.

Durante a reunião os representantes pontuaram que o comércio ilegal, além de não gerar receita para o município, também prejudica quem trabalha dentro da legalidade e até mesmo o consumidor que fica sem respaldo diante de problemas com o produto adquirido. Os representantes pontuaram ainda, que o processo de fiscalização no município precisa ser intensificado.

Segundo, o presidente da CDL, Neles Walter Ferreira de Farias o trabalho informal é assunto muito recorrente que precisa ser resolvido com urgência. “Em Rondonópolis essa situação está lamentável, as ruas estão lotadas de vendas de produtos que não sabemos a origem, pessoas prostituindo o mercado com ofertas fora do comum. Nosso objetivo não é atrapalhar o trabalho de ninguém, mas sim buscar a formalização desses serviços. Sabemos que a demanda é muito grande, mas se nos unirmos juntos aos órgãos competentes vamos conseguir resolver esse problema”, disse o presidente.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Rondonópolis, Milton Luiz de Araújo pontuou que esse é um assunto que vai mexer a cidade e que precisa de uma ação ordenada envolvendo município e estado. “No município já existe uma Lei que fiscaliza esse trabalho, mas para que esse problema seja solucionado há a necessidade de um trabalho em conjunto com os comerciantes, entidades, Poder Legislativo, Poder Executivo e estado. A partir de hoje vou me empenhar para que muito em breve outra reunião aconteça com a presença do prefeito e de todos os vereadores para que todos tomem conhecimento dos fatos”, frisou o secretário.

De acordo com o presidente do Sincomroo, Almir Batista de Santana os próximos passos para discutir o assunto é realizar uma reunião com a presença do prefeito, José Carlos do Pátio e de todos os vereadores. “Durante essa primeira reunião cada um apresentou sua opinião a respeito assunto e o que deve ser feito para coibir essa prática que gera grandes prejuízos a sociedade. Em outro encontro vamos levar essas sugestões ao Poder Executivo e Legislativo com o intuito de unir forças contra essa ação que vem causando perdas ao comerciante que trabalha dentro da legalidade”, destacou.

A reunião aconteceu na sede do Sincomroo e também contou com as presenças do vice-presidente do Sincomroo, Geovane Reis Sales e diretores, Marcos António Carlota e José Sergio Zorzi, presidente da Acir, Juarez Orsolin, presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo da Zaeli, procurador do Município, Juliano Clemente e a supervisora do Procon, Neila Maria Soares.

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio Varejista de Rondonópolis

  • Endereço:
    Avenida Cuiabá, 829 - Ed. Mikerinos - sala 82 - Centro
  • CEP: 78700-090
  • Processo: 179
  • Telefone(s):(66) 3423-6376
  • Email contato: sincomroo@hotmail.com
  • Presidente:
    ALMIR BATISTA DE SANTANA